Nesta quarta-feira, dia 1º de maio – Dia Internacional do Trabalhador(a) – as centrais sindicais CUT, Força Sindical, CTB, Intersindical, CSP-Conlutas, Nova Central, CGTB, CSB, UGT, e as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo irão convocar uma greve geral (prevista para 14 de junho) para protestar contra a Reforma da Previdência de proposta pelo governo federal. É a primeira vez que as centrais sindicais brasileiras se unem em um ato unificado no 1º de maio.

As centrais alertam que a reforma proposta pode impedir que milhões de trabalhadores se aposentem e atinge, em especial, os trabalhadores rurais e os mais pobres. A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 006/2019, além da obrigatoriedade da idade mínima de 65 anos para os homens e 62 para as mulheres, rebaixa drasticamente o valor das aposentadorias, destaca a CUT. Para ter acesso ao benefício integral, os trabalhadores e trabalhadoras terão de contribuir por, pelo menos, 40 anos.

Os atos do 1º de maio ocorrerão em todo o Brasil. Em São Paulo, o evento acontece no Vale do Anhangabaú, a partir das 10h, e contará com apresentações musicais de Ludmilla, Leci Brandão, Marília Cecília e Rodolfo, Roberta Miranda, Felipe Araújo, Guilherme e Santiago, Yasmin Santos, Toninho Geraes, Dj Evelyn Cristina e Mistura Popular.
As centrais sindicais já aprovaram a convocação de um Dia Nacional de Luta no dia 15 de maio, quando terá início a greve geral dos professores e professoras.

Confira abaixo alguns dos locais onde ocorrerão os atos pelo Brasil

BAHIA: 14h – Farol da Barra, em Salvador
BRASÍLIA: 13h – Taguaparque, com apresentações culturais de Vanessa da Mata, Odair José, Israel e Rodolffo, entre outras atrações
CEARÁ: 15h – Concentração na Avenida Beira Mar e ato unificado na Praia de Iracema, em Fortaleza
ESPÍRITO SANTO: 8h30 – Praça Costa Pereira (centro), Vitória
GOIÁS: 14h – Concentração na Praça Cívica; 17h – Ato político e shows
MATO GROSSO: 16h – Praça Cultural do Bairro Jardim Vitória, em Cuiabá
MATO GROSSO DO SUL: 9h às 12h – Rua Anacá com a Rua Barueri, bairro Moreninha II
MINAS GERAIS: 7h – Missa do Trabalhador, na Praça da Cemig, em Contagem (também haverá ato em outras cidades)
PARÁ: 9h – Mercado de São Brás, em Belém
PARAÍBA: 14h – caminhada e concentração no Centro de Zoonoses dos Bancários; 17h – Ato cultural no Mercado Público de Mangabeira
PARANÁ: 8h – Café da manhã, celebração ecumênica e caminhada, na Paróquia São João Batista (Rua Baltazar Carrasco dos Reis, 698, Bairro Rebouças)
PERNAMBUCO: 9h – Concentração na Praça do Derby, em Recife
PIAUÍ: 8h – Praça da Integração – C.S.U do Parque Piauí, em Teresina
RIO DE JANEIRO: 9h às 14h – Praça Mauá; 14h às 17h – bloco pelas ruas
SERGIPE: 8h – Praça da Juventude – Conjunto Augusto Franco; caminhada em direção aos Arcos da Orla de Atalaia
RIO GRANDE DO SUL: 14h – Concentração na Rótula das Cuias; 15h – Caminhada na Orla do Guaíba; 16h – Ato na Rótula do Gasômetro, em Porto Alegre
SANTA CATARINA: 9h – Concentração no Parque do Maciço do Morro da Cruz; 9h30 – Atividades Culturais; 10h – Culto Ecumênico; 11h – Panfletagem e diálogo com a comunidade sobre a Reforma da Previdência, em Florianópolis
SÃO PAULO/CAMPINAS: 9h30 – Concentração no Largo do Pará com caminhada até o Largo da Catedral; 10h30 – Ato no Largo da Catedral; 11h – Ida ao 1º de maio em São Paulo, no Vale do Anhangabaú (Com informações da CUT Nacional)