O presidente do Sina, Francisco Lemos, fala sobre as mortes que vêm ocorrendo na categoria e também nas suas famílias; as promoções que a Infraero se negou a aplicar este ano alegando parecer do TCU como também o fim da estabilidade dos aeroportuários Infraero em 31/12/2020.

Lemos comentou que o sindicato está agindo, porém não pode se expor demais à essas ações porque seria entregar a estratégia antecipadamente nas mãos do inimigo. Veja o vídeo.