O Sindicato Nacional dos Aeroportuários (SINA) conseguiu o maior acordo da história da categoria já firmado. Esse acordo garantiu o pagamento retroativo do adicional de periculosidade de 30% a mais de 800 aeroportuários.