“Eu acho que isso tem que ser debatido com os trabalhadores, debatido com a sociedade. Eu deveria ter sido chamado, como presidente da CUT, para esse debate, pois isso envolve interesse do Brasil, da sociedade e dos trabalhadores da Infraero e de todas as empresas correlatas”, diz o presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores/as (CUT), Vagner Freitas, diante do anúncio feito pelo governo federal de que vai privatizar mais quinze aeroportos da Infraero.

vagner-freitas2

(Reprodução TV Sina)

A TV Sina entrevistou o presidente da CUT durante o 1º Congresso da CNTTL/CUT, no final de abril. Vagner Freitas criticou as novas concessões pretendidas pelo governo. “Entregar a exploração dos aeroportos do Brasil à iniciativa privada, dessa maneira, onde eles só ganham e os trabalhadores perdem, e os usuários perdem também? Nós queremos uma negociação. Temos críticas a esse modelo construído e queremos a oportunidade de fazê-las”, completou.

Veja a entrevista: