Se a data-base 2017 dos trabalhadores da Infraero já estava complicada, agora mais uma instituição, além da empresa, do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina) e do Tribunal Superior do Trabalho (TST) entra em cena. O Ministério Público do Trabalho (MPT) tomou conhecimento do processo de negociação da campanha salarial e notificou a Infraero para prestar esclarecimentos sobre sua intenção de demitir empregados.

Como informado no vídeo divulgado nessa quinta-feira (14/12), com a fala do presidente do Sina, Francisco Lemos, a entidade disponibiliza aqui, na íntegra, tanto a contraproposta oficial da Infraero quanto o documento encaminhado à estatal pelo MPT. O Sina reforça assim seus princípios de transparência e responsabilidade, fomentando a participação direta dos trabalhadores no processo, fundamental nesse momento de desfecho deste que já é considerado o maior impasse na relação da Infraero com seus empregados.

Gestão: União, Coragem e Responsabilidade

 

Contraproposta Infraero – Clique AQUI
Ofício Infraero – Clique AQUI

Notificação do MPT à Infraero – Clique AQUI